CAMINHO


Sigo a água levada pelo desejo de mar
(dela porque eu me sinto moinho)
Mas ela corre e eu não tenho passos
Apenas uma levada que me ensina
A ficar em cada pedra.

1 comentário:

  1. Ia perguntar onde era, mas pelas tags já notei que é na Madeira.

    Belo local. Sereno e natural.

    ResponderEliminar